mulher-passando-rosa-care-para-foliculite

Primeiramente, a foliculite é um tipo de inflamação e pode acometer qualquer pessoa. Por isso, esse é um assunto sério e delicado, no qual a informação é a melhor maneira de lidar com o problema.

Para saber como tratar a foliculite é importante saber as causas da inflamação dos folículos pilosos, ou seja, o local onde nascem nossos pelos que estão espalhados por todo o corpo. Assim, a inflamação pode acontecer em qualquer parte onde houver o nascimento dos pelos.

Vale ressaltar que a foliculite pode diferenciar de um local de inflamação de uma pessoa para outra, por exemplo, ela pode ocorrer com maior frequência no couro cabeludo, na virilha, nas coxas ou nas nádegas.

Mas não se preocupe, a BeautyClass criou um artigo completo onde você poderá esclarecer todas as dúvidas sobre a Foliculite. Desde suas causas até os principais tratamentos para o problema.

O que é foliculite? O que causa? Como tratar?

A foliculite é a inflamação dos folículos pilosos, ou seja, o local do crescimento dos pelos de nosso corpo. Dentre as causas mais comuns para o problema, podemos associar a depilação incorreta até o contato com um fungo ou bactéria.

O tratamento da foliculite vai depender da superficialidade da lesão, mas acontece com compressas, receitas caseiras, higienização adequada, pomadas e até o uso de medicamentos que somente um profissional de saúde pode indicar. 

Siga conosco neste guia para saber tudo sobre ela, onde vamos, inclusive, indicar um produto inovador que vai acabar de vez com o problema!

Tudo sobre a foliculite

A foliculite é uma inflamação que pode afetar qualquer pessoa, aliás, alguns descuidos podem fazer com que ela se torne um grande incômodo. Uma das principais queixas do surgimento dela está relacionada à depilação quando realizada ao contrário do crescimento dos pelos.

Entretanto, com atitudes simples, algumas dicas e o produto certo, você não vai mais sofrer com o problema. Neste guia, você vai saber como tratar a foliculite para depois, acabar com ela! Veja em seguida!

Quais são as principais causas dessa inflamação?

Conforme já mencionamos, uma das causas mais comuns da foliculite é a inflamação dos folículos pilosos, contudo, em casos mais graves, pode ocasionar infecção por fungos e bactérias.

Desse modo, esse é um assunto importante que não deve ser deixado de lado e, a qualquer sinal de inflamação, o primeiro passo é proceder com a higienização local. Caso a lesão apresente pus, um médico deve ser consultado.

Caso contrário, existem soluções caseiras que ajudam a diminuir a dor, a irritação e as lesões causadas na pele. Os homens também reclamam de foliculite, principalmente aqueles que fazem a barba com o uso da gilete.

Mas você sabe como se manifesta a foliculite? Dentre as principais causas da foliculite, a depilação quando feita ao contrário do nascimento dos pelos é a mais recorrente reclamação do problema. 

E qual pomada é boa para foliculite? Vale ressaltar que, embora eficazes, os cremes e pomadas à base de antibiótico não podem ser usados com frequência, pois podem danificar o nascimento dos pelos.

Desse modo, a melhor maneira de tratar a foliculite é com a higienização e cremes específicos para o problema, ou seja, feitos para esse fim.

Qual o melhor creme para o tratamento?

Dentre os cremes de tratamento específicos para foliculite, podemos apresentar o Rosa Care. Ele trata com perfeição até mesmo aquelas manchinhas escuras na virilha e na axila. Uma das vantagens do produto é que pode ser usado por qualquer tipo de pele, mesmo as mais alérgicas.

O Rosa Care clareia a pele, combate a irritação pós depilação, hidrata e trata de maneira uniforme. Você pode usar o produto com segurança, pois ele não mancha, sendo absorvido rapidamente pela pele.

Aliás, o conceito de cuidados com as regiões íntimas está super em alta e ninguém merece sofrer a cada depilação. Entenda o cuidado que o Rosa Care tem com sua pele de acordo com os componentes que ele possui:

  1. Cywhite

    O cywhite é um componente extraído de algas, desse modo, ele ativa a melanina da pele e promove o clareamento dos pontos escurecidos;

  2. Niacinamida

    A niacinamida, ou seja, a forma ativa da vitamina B3, mantém a pele perfeita e favorece a renovação celular;

  3. Óleo essencial lavanda

    O óleo de lavanda hidrata e regenera a pele, além disso, atenua as manchas;

  4. Extrato de Portulaca

    O extrato de portulaca é o responsável por acalmar a pele e tratar a foliculite, sendo um ativo essencial para acabar com a alergia até mesmo das peles mais sensíveis.

Agora que você já sabe o que é bom para a foliculite, saiba que o Rosa Care pode ser usado todos os dias, pois além de não prejudicar sua pele, ainda age na hidratação profunda dos locais onde a inflamação mais aparece.

Veja em seguida, quais os principais locais onde a foliculite pode aparecer e como fazer a higienização corretamente.

Em quais locais essa inflamação pode aparecer?

Além das axilas, virilha, barba, nádegas e outras partes do nosso corpo onde nascem pelos, existem também a foliculite no couro cabeludo, ou seja, a capilar. No local, ela também se apresenta em forma de pequenas bolinhas que, na maioria das vezes, têm pus.

Ela é bastante confundida com uma espinha, contudo, destaca-se pela coceira e sensibilidade apresentada onde nascem as pequenas bolinhas. Geralmente, elas ocorrem devido ao suor e à higienização incorreta do couro cabeludo.

Além disso, o uso demasiado de bonés também contribui para o aparecimento da foliculite capilar. Entretanto, existem maneiras simples de evitar o problema: basta lavar os cabelos com frequência usando shampoo de acordo com o tipo de fio.

Principalmente quem possui cabelos oleosos deve dar mais atenção à higienização do couro cabeludo. Além disso, lembrar de não usar o creme condicionador na raiz, local onde nascem os cabelos, pois pode piorar a situação.

Entretanto, caso a inflamação no couro cabeludo se mantenha de maneira exagerada, a procura de um dermatologista se faz necessário. Nesse caso, ele poderá prescrever uso de antibióticos e pomada para foliculite.

Outro local que incomoda demais tanto homens quanto mulheres é o aparecimento da foliculite nas nádegas. Veja em seguida e saiba como acabar com ela.

Como acabar com a foliculite nas nádegas?

Outro problema comum é a foliculite nas nádegas, a principal causa é o uso de roupas apertadas. Entretanto, existem outros fatores que favorecem o aparecimento, são eles;

  • Acnes em excesso;
  • Doenças autoimunes;
  • Uso de cremes não adequados para o tipo de pele;
  • Depilação;
  • Sobrepeso.

Além disso, como já mencionamos, o suor excessivo também pode contribuir para o aparecimento dela, tanto a capilar quanto nas nádegas. Entretanto, na maioria dos casos, o uso do Rosa Care é suficiente para acabar com o problema.

Como amenizar a foliculite na virilha?

Assim como nas nádegas a foliculite na virilha também é um problema comum, a principal causa é a depilação. Contudo, o uso de roupas apertadas também pode contribuir para o aparecimento do problema.

Muitas vezes, alguns tecidos também podem contribuir para o aparecimento da foliculite, desse modo, dê preferência às peças íntimas à base de algodão, principalmente se sua pele for sensível. 

Foliculite na barba e rosto

A foliculite na barba e no rosto é muito mais comum nos homens, principalmente aqueles que fazem a barba diariamente usando a gilete. Contudo, a maquiagem também pode causar a foliculite no rosto.

Embora em quantidades menores, muitas mulheres também possuem pelos no rosto e a maquiagem pode em determinado momento causar a foliculite, por isso é tão importante a retirada todos os dias com demaquilantes.

Já os homens podem trocar a gilete por barbeadores elétricos e hidratar muito bem a região. A higienização também é importante, além disso, prefira lavar o rosto com água fria e após o barbear, use sempre uma loção antisséptica.

Caso não abra mão da gilete, troque-a com frequência, pois a falta de corte também pode contribuir para o aparecimento da foliculite. Contudo, caso necessário, procure ajuda de um especialista.

Dicas para evitar o aparecimento da foliculite

Essas dicas são essenciais para evitar o aparecimento da foliculite, indiferente de qual parte do corpo seja. São atitudes simples que vão ajudar a acabar com o problema, veja em seguida:

  • Seque muito bem as regiões onde costumam aparecer a foliculite, contudo, sem esfregar, use sempre toalhas macias e limpas;
  • Lave a região com sabonete neutro ou específico para o problema, muitas vezes, alguns perfumes podem aumentar a sensibilidade da região, principalmente de quem é alérgico;
  • Use sempre água morna ou fria para lavar as regiões com foliculite, pois a água quente pode ressecar ainda mais a pele;
  • A esfoliação pode ser realizada pelo menos uma vez na semana, contudo, sempre com cuidado e movimentos leves;
  • Tanto a depilação a cera quanto com gilete podem aumentar as chances da sua pele apresentar a foliculite, nesse caso, prefira a depilação a laser;
  • Hidrate a pele com produtos de qualidade e com cheiros suaves;
  • Use produtos específicos como, por exemplo, o Rosa Care;
  • Em caso de dúvidas ou sinais de infecção, procure sempre ajuda de um médico ou dermatologista.

Nesse guia, você entendeu o que é e o que causa a foliculite, além disso, discriminamos os principais locais onde ela pode aparecer. E o principal é que indicamos o Rosa Care, um produto de qualidade, pensado exclusivamente para resolver esse problema tão comum.