Pincéis de cílios

 

Abrir um salão de beleza, quem ainda não pensou nisso?  É muito comum ouvir coisas do tipo: “vou abrir um salão, da dinheiro demais”. E não é atoa. São frequentes as noticias de que o mercado da beleza não para de crescer. Estima-se quase 600 mil salões de beleza no Brasil. É difícil precisar esse número, uma vez que muitos ainda estão na informalidade. O bom censo diz que se tem tantos é porque da dinheiro, fácil e muito! Hum..mas será que é tão simples assim?

Salões de beleza, clinicas de estética, spas, esmalterias.. todas essas opções são bons negócios e tem demanda na grande maioria dos locais, afinal quem não quer ficar bonito?  Se você quer entrar nesse ramo existem algumas coisas que você deve avaliar, especialmente se não é um profissional atuante, ou seja, se não for um cabeleireiro, manicure..etc.

Antes de qualquer coisa, avalie se é isso o que quer de verdade, pois como qualquer empresa é necessário muito trabalho! Decidiu? É isso mesmo? Então vamos lá!

A primeira coisa é fazer um plano de negócios, nessa etapa podemos estudar os concorrentes, ponto, preços, equipes, formas de pagamento e regularização. Enfim um planejamento básico do que vai ser necessário. Digo básico pois hoje em dia o mundo muda muito rápido. A partir do plano vamos as outras etapas, já previamente planejadas.  (colocar link do sebrae)

Procurar um ponto é muito importante e decisivo. Um bairro muito comercial gera picos de movimento, por exemplo no almoço. Sábado por sua vez pode ser um dia mais  tranquilo. Caso procure um bairro mais residencial muito provavelmente será o contrario. É ideal que tenha boa visibilidade, salões “escondidos” ou dentro de prédios requerem muito investimento em marketing.

Regularizar a empresa e começar “certo”, é muito importante, essa é a única forma de aceitar cartões de crédito, abrir contas empresarias em banco e desde cedo já separar as contas da empresa das pessoais.  Nessa fase é importante também definir como será  o registro da equipe, recomendamos MEI ou autônomo. Entenda porque? (colocar link)

Banner Romeu Felipe - BeautyClassPowered by Rock Convert

Lá no plano de negócios deve ser definido o público, isso irá influenciar na escolha do local e da reforma a ser feita.  O responsável pela obra deve intender a grande necessidade de tomadas, canalização de água e como espaços ficam cada vez mais caros deve entender que todo cantinho deve ser aproveitado, de preferencia sendo uma estação de trabalho.

Abrindo o salão é muito importante saber quais marcas você vai trabalhar, de acordo com o público e com quais serviços você vai oferecer. Pode ser de grande ajuda ter marcas parceiras, elas podem ajudar muito no treinamento da equipe.

Falando em equipe, essa é a parte mais difícil, profissionais já conceituados podem pedir comissões muito altas, o que inviabiliza seu négocio, o ideal é pessoas que acreditam no seu projeto, pelo menos um que tenha plenas habilidades, se for competente e quiser aprender existem muitos cursos que possibilitam.

Com a equipe formada, empresa constituída e um espaço bacana é a hora do marketing. Panfletos, folhetos, anúncios.. isso tudo ajuda, mas, nada é melhor que o boca-a-boca. Chame suas amigas(os) ofereça descontos para os que indicam.

Hoje em dia as redes sociais ajudam muito na ampliação desse boca-a-boca, faça promoções, poste fotos dos trabalhos..use e abuse do face e do insta. Lembre-se de tratar maravilhosamente bem seus clientes, pois eles também podem usar essa ferramenta para falar mal. Se a critica for positiva, aprenda com ela.

Após aberta cuide sempre dos seus controles, assim como cuida da sua equipe e clientes. A melhor maneira para lhe ajudar e não se desgastar é tendo um sistema de gestão. Lance devidamente os dados e com eles você terá uma visão completa da sua empresa!

Boa sorte e conte conosco para o que precisar.

 

beautyclassPowered by Rock Convert