imagem de uma mão fazendo anotações ao lado de uma calculadora

 

Banner Romeu Felipe - BeautyClassPowered by Rock Convert
  • Não separar as contas da empresa da pessoal: Essa dica é mortal e muito comum na maioria dos salões, especialmente nos que são donos e atendem. Assim dividem a gestão do salão de beleza com a agenda de cabeleireiro ou manicure. É muito importante separar o que for do salão é do salão e o que é seu, é seu! Quando essas contas se misturam começam problemas no salão e em casa.
  • Não ter controle de contas: não saber o que se paga e se tem a pagar é mortal, assim acabamos fazendo compromissos que não podemos cumprir. Use uma planilha de excel ou um sistema de gestão e controle todos os gastos. Essa é a única maneira de descobrir “pra onde meu dinheiro está indo”
  • Não saber quanto fatura. A única maneira de crescer é saber em quais áreas se pode melhorar, quanto fatura cada profissional e venda de produtos. Se você não sabe fica impossível fazer compromissos de crescimento e estabelecer metas.
  • Controle de estoque: é o vendedor de cosméticos que fala o que você precisa? Ixii.. quem tem que saber o que você gasta, consome, vende e precisa é você mesmo! Por mais que o vendedor seja “bonzinho” ele tem metas para bater. Manter um controle de estoque também vai evitar desperdícios e otimizar os gastos com produtos. Um sistema de gestão para salão de beleza vai te ajudar muito com isso!
  • Não ter um objetivo claro de onde quer chegar. Se você não sabe onde quer chegar com seu salão de beleza é melhor fechar e ir trabalhar em algum outro salão. Metas e objetivos são o que nos fazer realizar coisas que antes achávamos impossíveis! Pense onde quer chegar em 1, 3 e 5 anos e faça o que for preciso para realizar. Senão nada acima vai valer a pena.

 

beautyclassPowered by Rock Convert